Monthly Archives: May 2014

O figurino de Schlemmer I

Um marco na história do figurino foi o caso do Ballet Triadic de Oskar Schlemmer em 1922. Para Schlemmer o trabalho de criação da arte em cena era uma questão de equilíbrio matemático. Nesse ballet, o figurino colocava limitações aos dançarinos, ditando os movimentos possíveis ao corpo. Seu balé foi uma inovação na forma de se pensar figurino.

BALLET TRIADIC

ballet triadic

FONTE: http://continuo.wordpress.com/2011/04/28/juliet-koss-modernism-after-wagner-book-review/ 

Para Boccara o figurino de Schlemmer é mais do que uma sensação imagética é um:

“um rígido segundo corpo que sintetiza uma elaboração conceitual sobre o movimento no espaço e no tempo através de uma coreografia deduzida a partir das possibilidades que o figurino induz. Schlemmer dá ao figurino a potencialidade de determinar a composição musical, e somente a partir daí temos a coreografia, por último, a dança.” (BOCCARA in VIANA E MUNIZ, 2012, p.20).

O Projeto Corda Bamba

Logo - Projeto Corda BambaO Projeto Corda Bamba, é uma iniciativa que visa atuação no terceiro setor, sem finalidade econômica.

Iniciado em 2012, o Grupo Corda Bamba visa a atuação em escolas/instituições, publicas e privadas, com o propósito e percepção de desenvolvimento pessoal que a pratica da arte do malabarismo proporciona.

Vários estudos com crianças e adolescentes têm demonstrado o benefício da atividade física em relação ao crescimento e desenvolvimento de habilidades essenciais para a obtenção de novos conhecimentos. Essas habilidades partem desde as dimensões físicas, cognitivas, sociais, emocionais, até questões éticas, morais e espirituais.

A pratica de malabarismo certamente muda a visão de uma pessoa sobre si mesma e sobre o mundo e, assim, transforma sua vida a partir da compreensão da perseverança e dedicação.

Aula de Malabarismo - Arte no Parque

Aldeia da PAZ–Curitiba 2014

A Aldeia da Paz tem como propósito o fortalecimento da cultura de paz e sustentabilidade, para uma Sociedade Civil Engajada e Pedagógica, que integra gerações e que está comprometida com o desenvolvimento de um planeta digno para o bem estar. É um movimento apluripartidário, atemporal, artista e ativista, justo e sustentável, e que se enraíza a partir da manifestação natural dos sonhos da Terra.

 Aldeia da PAZ

Uma Aldeia da Paz nasce a partir da dedicação de pessoas que se integram a um objetivo comum de paz e sustentabilidade. Ela aponta caminhos, apresentando um organismo vivo para a sociedade. Essa unidade proporciona o empoderamento de iniciativas e movimentos sociais a partir do compartilhamento de conhecimentos e experiências práticas, como Tecnologias Sociais, resultando em infinitas possibilidades, reais e aplicáveis, para o desenvolvimento saudável do planeta. Ela se realiza de maneira integrada com o local e o entorno, valorizando a cultura, saberes e movimentos regionais, de forma a estabeler pequenos núcleos de governança local sustentável, solidária e continuada, empoderando pessoas e fornecendo instrumentos para multiplicação e transformação social e ambiental.

Uma Aldeia da Paz pratica de forma prática, ecológica, pedagógica e com integração sociocultural e economia solidária como exercício para a prática concreta do bem viver sustentável.

Dedicação para a humanidade

 

A Aldeia da PAZ será realizada na cidade de Curitiba durante a semana do meio ambiente (1 a 7 de Junho), a partir da instalação de estruturas de formas harmônicas, onde acontecerão encontros, palestras, oficinas e dinâmicas a serem realizados por diversos movimentos e iniciativas socioambientais ativas na cidade.

 

O local escolhido para a realização da Aldeia da Paz é o Parque Gomm cujo propósito vai de encontro a intenção da Aldeia da Paz e por ser um símbolo da luta urbana para a preservação social e ambiental.

“criar o Parque Gomm como símbolo da retomada do planejamento urbano de Curitiba, numa escala humanizada e sustentável” – Página do parque Gomm

 

 

O Encontro

A programação pensada para o encontro está baseada em eixos temáticos distintos que permearão por todos os dias do encontro. O ponto comum é o bem estar e desenvolvimento saudável do planeta. A partir destes eixos será realizada a distribuição de uma programação aberta e diversificada, que contará com encontros, oficinas, mutirões, peças teatrais, apresentações musicais, alimentação, e muito mais.

Esta programação estará aberta às iniciativas que se identifiquem com propósito comum. Deste modo foi realizado convite para que movimentos sociais, iniciativas, grupos de desenvolvimento e sociedade civil organizada de uma maneira ampla se manifestem para desenvolvimento de ações durante esta semana especial.

 

Eixos temáticos

  • Alimentação, Troca de Alimentos, cozinha comunitária, direito dos animais.
  • Permacultura, agroecologia e agrofloresta e outras tecnicas de produção.
  • Bioconstruções e a Bioescultura Tartaruga mágica.
  • Educação, palestras e atividades com foco no desenvolvimento saudável do planeta.
  • Cultura, Música e Arte (aberto para os mais diversos temas)
  • Meditação, Yoga, Tai Chi, cuidado com a saúde física e mental

 

Programação

Dia 1 de Junho: Abertura e horizontalização da prática Aldeia da Paz

Dia 2, 3, 4 ,5, 6 e 7 de Junho: Programação em desenvolvimento e aberta para novas iniciativas. Se podes contribuir com seu conhecimento por um mundo de PAZ, entre em contato diretamente com a página no facebook da Aldeia da PAZ e ofereça sua vivência.

 

Colaborativamente, construiremos a PAZ e a UNIÃO!