Category Archives: Saúde e Lazer

Arte Bici Mob – São José dos Pinhais

Ciclistas são pedestres que caminham sobre pedais.

Arte Bici Mob 2014Neste mês de setembro vamos celebrar a mobilidade sustentável e a cidade como plataforma estética, artística e política.

Participe, crie um evento, uma arte, um debate, uma performance, uma festa, uma pedalada, uma caminhada, um encontro!

Sobre o Festival
O ARTEBICIMOB acontece em Curitiba desde 2007, transformando o mês de setembro num calendário cívico-cultural repleto de atividades que incluem debates, rodas de conversa, exibição de filmes, shows de música, exposições de artes visuais, performances e alguns eventos já consolidados como o Desafio Intermodal, a Marcha das bicicletas e o Debate dos candidatos.

Sempre de maneira independente, o calendário do festival é composto de atividades livres, propostas por artistas, ativistas, instituições públicas e privadas que se comprometem com a execução das propostas. Em setembro, temos o Dia Mundial Sem Carro e a Semana de Trânsito, oportunidades de repensar a mobilidade que foram ampliadas para o mês inteiro.


O Arte Bici Mob que acontecerá durante todos o mês de Setembro, terá sua 1° Edição em São José dos Pinhais, tendo diversas atividades ao publico como o CicloCine, Debate, exposição de artes, Musica, desafio intermodal, Pedalada e Ações Educativas.

Convide os amigos e familiares a prestigiarem o evento.

Cronograma:
04/09 – Quinta-Feira
Local Teatro Sesi –São José Dos Pinhais
R. Quinze de Novembro, 1800 – Centro, São José dos Pinhais – PR.

Ciclecine:

  • 16h Filmes Independentes sobre bicicleta- Fernando Rossebaum
  • 19h Exposição -Gravuras e Expressões do Cotidiano- Carol Lemes e Ragman
  • Gotas projetadas – Samuel Costa
  • Oficina de Pintura Coletiva – Eliton/Orlando/Samuel

05/09 – Sexta-Feira
Local Teatro Sesi –São josé dos Pinhais
R. Quinze de Novembro, 1800 – Centro, São José dos Pinhais – PR.

  • 18h Abertura – Art Bici Mob
  • Oficina de Pintura Coletiva > Eliton/Orlando/Samuel
  • Exposição- Gravuras e Expressões do Cotidiano Carol Lemes e Ragman
  • Gotas projetadas – Samuel Costa
  • 19h Shows-Bandas Bluesileiros (Fabiano Artista Desconhecido(Orlando)

10/09 Quarta-Feira
19h Debate – Bicicleta como Meio de Transporte
Local : Subseção da OAB – São José dos Pinhais
Rua Paulino de Siqueira Cortes, 1289.

19/09 –Sexta Feira

  • 19h Musica para sair da Bolha
  • Banda artista desconhecido
  • Pintura de Samuel Leocádio – Gota
  • Local: Praça do Verbo Divino

15 a 28 de Setembro.
A 2ª Melhor Invenção do Homem – Mostra de bikes conceito, novas e antigas
Shopping São José Piso L1, 15 a 28 de setembro
Rua Izabel A Redentora, 1434
Centro de São José dos Pinhais (PR)

18/09 – Quinta-Feira
Local :Teatro Sesi –São José dos Pinhais
R. Quinze de Novembro, 1800 – Centro, São José dos Pinhais – PR.

  • 18h30 Palestra Bicicleta e a Sétima Arte – Critico de Cinema Marden Machado
  • 18h45 Exposição de Bicicletas Antigas – Marcos
  • 20:00 Perigo sob Encomenda.

20/09 – Sábado
Local Teatro Sesi
R. Quinze de Novembro, 1800 – Centro, São José dos Pinhais – PR.

  • 10:00h Pedal ate o Caminho do vinho- Bike São José Dos Pinhais/Pedala Cristã/Bike pela Amizade
  • 11:00 – Arte no Caminho do vinho

25/09 – Quinta-Feira
2° Desafio intermodal São José Dos Pinhais

28/09 – Domingo

Local : Parque São José – São Jose dos Pinhais
Local : AV. Das Torres, 100
9h Bike Escola
13h Arte no Parque – Musica, pintura de quadros, malabares e oficina de pipas.
Flash Mob – Rua XV de novembro Centro São José dos Pinhais

Advertisements

6º Aula Aberta de Malabarismo + VEGANIQUE

O Projeto Corda Bamba e A TRUPE NOVEMBRO, convidam a todos a estarem presentes em mais uma Aula Aberta de Malabarismo (6º Aula), que será realizada no próximo Domingo, 28 de Julho de 2013, juntamente com o evento VEGANIQUE, no Parque São José, em São José dos Pinhais/PR.

Veganique é um pic-nic vegano, com alimentos/ingredientes de origem vegetal (nada com carnes, leites, ovos, mel e outros derivados/ingredientes de origem animal).

Venha conhecer pessoas, confraternizar, compartilhar conhecimentos/experiências sobre o veganismo e muito mais.

O evento é aberto a todos (veganos, vegetarianos e/ou não vegetarianos) de todas as idades.

Convide seus amigos e familiares.

Traga um alimento vegano para compartilhar.

Há muitas opções: lanches, salgados, tortas, bolos, doces, frutas, saladas, sucos de frutas, etc.

Mostre seus dotes culinários (evite produtos industrializados). Traga também seu prato/pote, talheres e copos. Evite o uso de descartáveis.

Vamos deixar o encontro mais divertido. Leve seus talentos/instrumentos.

Serão realizados exercícios ao ar livre, roda de conversa, música, poesia e qualquer tipo de arte e cultura que nos leve ao ato de celebrar a vida.

Para quem não conhece e não sabe fazer nenhum prato de origem não-animal, segue um site especializados em culinárias vegana/vegetariana:

http://www.cantinhovegetariano.com.br/

 

Dúvidas e sugestões podem ser publicadas no mural do evento, VEGANIQUE clicando AQUI.

 

 Pratique e partilhe ALEGRIAS!

375593_475032782584431_1246998755_n

Ciclo Comunicativo – Ciclo Iguaçu

O Ciclo comunicativo será um encontro de criativos interessados em utilizar seus poderes para ajudar a Ciclo Iguaçu em suas ações, que será realizado no próximo dia 19 de Julho na Ciclo Iguaçu, na rua Presidente Faria 226, Curitiba. Link do mapa AQUI.

Confirme sua presença no evento, chame seus amigos e deixe a criatividade pedalar!

 

 

Maiores informações: http://cicloiguacu.org.br/

A CIDADE É DAS PESSOAS! não dos carros.

A prática de Ciclismo e seus benefícios

 Ciclismo é um esporte de corrida de bicicleta cujo objetivo dos participantes é chegar primeiro a determinada meta ou cumprir determinado percurso no menor tempo possível.

Foi na Inglaterra, em meados do século XIX, que o ciclismo iniciou-se como esporte, época em que o aperfeiçoamento do veículo possibilitou o alcance de maiores velocidades. O ciclismo é regido por diversas regras. Geralmente enquadra-se em quatro categorias: provas em estradas, provas em pistas, provas de montanha (Mountain Bike) e BMX e é praticado com diversos tipos e modelos de bicicletas.

 

A bicicleta já foi um dos principais meios de transporte no mundo, mas hoje a história é bem diferente. Grande parte das pessoas nunca teve uma bicicleta própria ou deixa a sua cheia de teias de aranha na garagem. Seja por preguiça ou falta de tempo, quem não costuma pedalar está perdendo inúmeros benefícios – desde definir músculos até melhorar a frequência cardíaca.

Andar de bicicleta (bike) deveria deixar de ser algo alternativo para se tornar imprescindível na vida moderna pelos benefícios que traz para o meio ambiente e para a saúde do praticante, além da facilidade de locomoção e baixo custo de manutenção.

Conheça alguns dos benéficos obtidos pela prática do ciclismo.

 

Faz bem à saúde
Segundo o médico do esporte Ricardo Nahas, do Hospital 9 de Julho, andar de bicicleta pode ser comparado à caminhada ou até mesmo à corrida. “Em um passeio de cerca de 40 minutos, três vezes por semana, já é possível dar adeus a diversos problemas decorrentes do sedentarismo”, aponta. Antes, entretanto, recomenda-se fazer uma avaliação médica para determinar a intensidade do exercício, já que cada pessoa apresenta um determinado peso e condicionamento físico. “Para os que desejam emagrecer, é necessário associar a atividade a uma alimentação equilibrada”, afirma.

 

Trabalha os membros inferiores
“Andar de bicicleta trabalha os grandes grupos musculares das pernas e ainda estimula a contração do abdômen, pois a atividade exige uma postura ereta do usuário”, afirma Ricardo Nahas. Segundo o especialista, pedalar é um exercício aeróbico e de resistência muscular, o que melhora o condicionamento físico do praticante.

Funciona como meio de transporte
A bicicleta já foi amplamente utilizada como meio de transporte, mas mudanças culturais fizeram com que ela passasse a ser vista apenas como um instrumento de lazer ou de ciclista profissional. “A maior parte das pessoas pedala apenas no fim de semana, como se andar de bike fosse somente uma atividade de entretenimento”, aponta Thiago Benicchio, diretor geral da Ciclocidade – Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo.
Outra grande razão que desestimula o uso da bike como meio de transporte é a falta de infraestrutura e educação de grande parte dos motoristas. Então, para quem não quer encarar os veículos motorizados, Thiago sugere usar a bike para trajetos curtos e de pouco movimento, como uma ida ao supermercado.

 

Melhora a frequência cardíaca
A intensidade de um exercício é controlada pela intensidade do batimento cardíaco de quem o pratica. Desse modo, é possível fortalecer o coração com um passeio de bicicleta, já que esta é uma atividade aeróbica. “Quem organiza treinos geralmente alterna a bicicleta com a caminhada ou a corrida, pois esses exercícios são equivalentes e, misturados, acabam com a monotonia”, conta Ricardo Nahas.

 

Oferece baixo impacto
Quando caminhamos ou corremos, todo nosso peso é jogado sobre as pernas, o que pode forçar as articulações dos membros inferiores. Sentado, entretanto, você distribui melhor a sua massa e não sobrecarrega nenhuma parte do corpo, como explica o médico do esporte Ricardo. “Por isso, a bicicleta é recomendada para quem está começando a fazer exercícios ou está acima do peso”, diz.

 

Tem baixo custo de manutenção
De acordo com o biker Thiago Benicchio, é possível comprar uma bicicleta de boa qualidade por cerca de mil reais. Apesar do susto desse investimento inicial, a manutenção do instrumento é baixíssima. “Com apenas 50 reais por mês, é possível deixá-la sempre pronta para uso”, explica. Segundo ele, são pequenos os reparos que devem ser feitos e grande parte deles pode ser realizado pelo próprio usuário, pois não exigem grande conhecimento sobre o assunto. Os maiores gastos ocorrem quando é necessária a troca de pneus ou uma revisão geral, o que ocorre apenas uma vez por ano.

 

Promove a sensação de liberdade e independência
Imagine poder tomar rotas alternativas, passar em meio aos carros e ainda não afetar de maneira alguma o meio ambiente. Essa é a sensação de quem anda de bicicleta. “Em cima dela, é possível observar melhor tudo o que acontece a sua volta e você ainda foge do estresse de quem está preso no trânsito”, lembra o biker Thiago. Segundo ele, os melhores locais para andar de bicicleta são os de terreno plano e arborizado.

 

Fonte: Minha Vida.com

Dicas para incluir frutas, verduras e legumes no cardápio das crianças

O que dá mais água na boca: uma folha de alface ou uma bola de sorvete de chocolate? Adivinha o que uma criança escolheria? A opção mais calórica e engordativa. É difícil convencer os pequenos a comer verduras, legumes e frutas, mas não é impossível. Veja aqui cinco dicas do site BEBE.COM.

Crédito: Getty Images.

 

1. Leve as crianças à feira
Apresente a elas um novo mundo de cores e sabores na feira, na quitanda ou mesmo nas gôndolas de vegetais no supermercado. Peça para os pequenos tocarem as frutas e os legumes, sentirem suas texturas e seus aromas. Peça também ajuda, por exemplo, para escolher os tomates mais bonitos.

2. Capriche na apresentação das comidinhas
Na idade pré-escolar, a criança se sente atraída por apresentações curiosas dos alimentos. Por isso, decore o prato de um jeito bem divertido. Misture vegetais de diversas cores e formatos. Você pode usar, por exemplo, aquelas forminhas especiais para cortar legumes. Faça uma carinha no sanduíche.

3. Dê nome divertido aos pratos
Isso ajuda a chamar a atenção e a abrir o apetite da meninada. “Você pode anunciar que servirá borboletas enlouquecidas nas flores para colocar no prato um macarrão gravatinha com brócolis”, sugere a nutricionista Julliana Bonato, de São Paulo, em entrevista ao site BEBE.COM.

4. Inclua verduras e legumes no lanche
Além do almoço e do jantar, ofereça vegetais também no lanchinho da tarde. Que tal um minicachorro-quente que, em vez de batata palha, tenha cenoura crua ralada? Ou um hambúrguer pequeno com folhas de alface?

5. Respeite os gostos da criança
Se seu filho provou uma verdura e não gostou, prepare-a em uma próxima refeição de maneira diferente. Não desista de primeira. “Se, mesmo assim, depois de testar receitas diferentes, a criança continuar dizendo que não gosta, aí respeite”, diz Julliana. Seu filho tem o direito de adorar abóbora, mas detestar abobrinha.

 

Reportagem de Lúcia Helena de Oliveira.

4º Concurso Anual de Tutoriais da IJA

Mais um concurso está acontecendo! 4º concurso anual de tutoriais da IJA! Vários prêmios muito bons, vale a pena conferir e participar.

VTC13v2.1

 

 

Maiores informações no site da IJA clicando AQUI.

Conheça e Inscreva-se o canal da IJA no YouTube, clicando AQUI.