Category Archives: Circo

Circo Fusca

Um espetáculo de circo para todos entre os afluentes e montanhas do cipó.

Fonte: TV Gambiarra

Advertisements

Espetáculo: Circo Urbano

Palhaço Estilingue e Mágico Xavier farão um Show inédito dia 21/04 às 11:00 horas com o Espetáculo “Circo Urbano”.

Aproximando a cultura circense e a arte urbana!


Crianças até 12 anos não pagam, acima de 12 anos, ingresso a apenas R$5,00.

 

Trailer | Viajarte–Além dos Palcos e mais além

Imagine um espetáculo que reúna belíssimas poesias interpretadas de forma teatral. Teatro na dose certa, misturado com música. Música da boa, pra ninguém ficar parado: ciranda, maracatu, afoxé, reggae, frevo, baião, samba, coco, xote e outros ritmos brasileiros com pitadas do temperinho da Índia, Jamaica, Mali, Colômbia, Senegal e outros lugares do mundo. Some isso ao universo lírico do cordel e a uma trupe completa de circenses: malabaristas, acrobatas, palhaços, pirofagistas e equilibristas. Ah! Tem mais: figurino, cenário, luz, dança. Bata os ingredientes no liquidificador com muitas brincadeiras para deixar qualquer público fascinado. Despeje o conteúdo em uma mala bem grande de viagem. Esse é o VIAJARTE!

Viajarte

VIAJARTE é um espetáculo itinerante que retrata a beleza da poesia, do circo, da música brasileira, das artes cênicas e plásticas de forma simples com linguagem original. Estreando com grande estilo, a primeira apresentação do espetáculo foi no teatro do SESC Avenida – Parnaíba – PI, em março de 2010, abrindo a “Semana da Mostra de Teatro e Circo. O Espetáculo em tão pouco tempo de existência já passou pelo nordeste, sudeste, sul e mais recentemente pelo centro-oeste brasileiro. Não foram poucas as matérias e entrevistas no rádio, televisão, sites e jornais, além de prêmios no Espírito Santo e no interior de São Paulo. Apresentado em grandes festivais como a Virada Cultural Paulista, o XI Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, entre outros, além de dividir o palco com ninguém menos que Jair Rodrigues, Décio Marques, entre outros.

Viajarte - Arco IrisCom integrantes de 5 estados brasileiros, com constante participações de artistas de outros países, o Viajarte também tem grande ação fora dos palcos, seja com intervenções em ruas, praças, e feiras livres, seja com artes plásticas transformando lugares abandonados em galerias de arte, seja em ocupações artísticas ou em oficinas junto a comunidade.

Agora o Viajarte se prepara para o lançamento de seu primeiro DVD, confira o TRAILER do documentário “Além dos palcos, e mais além” sobre o movimento “VIAJARTE”.

14º CBMC – Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo

Um panorama geral do maior evento de malabarismo e circo do Brasil em 2012. A 14ª Convenção Brasileira!

Esse ano aconteceu em São João del Rei, Minas Gerais dos dias 14 ao 18 de Novembro.

Se você é um aficionado por malabarismo e circo e assim como eu e não pôde estar presente neste ambiente onde reina a alegria e a magia, confira o vídeo release do evento.

MALABARIZE-SE!

Dia da Alegria – 25 Nov.2012

18098_10151523293794535_1266501653_n

Guilherme Multisambofônico @ Circo no Beco–SP

Guilherme Multisanbofônico - Recife Caravana Sax'mono

Guilherme Folco, saxofonista, multinstrumentista, ator, malabarista, comanda a orquestra de um homem só.

Cavaquinho, saxofone, baixo, flauta, escaleta, percussão, gaita e voz.

Beat-box, rimas, efeitos e improvisos completam a polifonia.

Pesquisa e inserção de ritmos brasileiros como afoxé, maracatu, samba.

Produção e reprodução de loops ao vivo nos remetem à música eletrônica orgânica com influências do jazz experimental, hip-hop e dub, criando processos efêmeros em constante mutação.

Projeto Multidisciplinar: Malabarismo com até cinco objetos: claves e bolas. Equilíbrios e improvisos sobre um monociclo.

Sobreposição de texturas sonoras. Produção ao vivo em tempo real

 

 

Música: Verdade Mentirosa (SoundClound)

Feliz dia do Circo – 27 de Março

dia do circo - 27 março

 

Quem não gosta de circo?!

Hoje comemoramos o Dia do Circo em homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu dia 27 de março de 1897 na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

Você sabia que as primeiras tentativas de apresentações em circo vieram da China? Lá a monarquia se divertia com a apresentação dos contorcionistas e equilibristas.

Dos divertidos e simpáticos palhaços, dos malabaristas e suas manobras arriscadas, da mulher borracha, do atirador de facas, mágicos, adestradores de animais e trapezistas, é feito o mundo mágico dos circos!

Os palhaços ficam encarregados de proporcionarem muitas gargalhadas ao público. Para ser um palhaço, é preciso vocação e gostar de interagir com as pessoas, pois só assim irão transmitir alegria e entusiasmo a todos que estão assistindo ao espetáculo.

O mágico é o que mais chama a atenção de todos na plateia. Executam números curiosos de ilusionismo, iludindo e prendendo a atenção dos espectadores.

Se você nunca foi ao circo, tem uma ótima oportunidade agora no Dia do Circo. Não perca este mundo de diversão e magia!

Parabéns a todos os meus amigos, que levam a alegrias para outras pessoas, simplesmente pelo fato de possuí-lá em abundância, e ter o prazer de multiplica-lá.

Vida no Circo. Dentro e fora do picadeiro

Há algum tempo venho acompanhando o programa Profissão Repórter, as terças-feiras na Rede Globo, que vem me chamando a atenção pelo tratamento de matérias do cotidiano das mais variadas profissões, sendo elas pelos “olhos da sociedade”, profissões dignas ou não.

O que é muito válido nas reportagens deste programa, são as matérias estritamente sem julgamento, os repórteres, tratam apenas da realidade, que das quais, milhões de brasileiros, como eu, se identificam.

palhaçosNo programa deste ultimo 01/11/11, não foi diferente, pois o assunto tratado foi a Vida no Circo, dentro e fora do picadeiro. Do mais conceituado e aclamado, ao mais simples espetáculo de circo e a vivência disputada dos artistas de rua, artistas estes, ao qual tenho imenso respeito e admiração, pois como mostrado na reportagem, aguentam os intemperes da natureza com graça e muita dedicação, para assim levantar um suado e merecido dinheiro que ajuda na remuneração e sustento de sua vida e/ou família.

circo pindorama

Minha admiração aumentou, quando me mudei para São Paulo no inicio de Agosto de 2011, e  ainda mais que tive a sorte de residir nas redondezas de onde foram feitas as gravações de rua da matéria e posso desfrutar muitas vezes desta arte, da janela do apartamento que divido com amigos que são minha família por aqui.

Por diversas vezes ficamos na janela observando os movimentosmalabarista de Rua Faz performace em cruzamento na Av. Rebouças Sp. precisos do pessoal lá em baixo, fazendo graça e levando o sorriso no rosto dos motoristas que passam  preocupados em suas rotinas mundanas, e que por alguns segundos que levam o fechar dos semáforos, tem a oportunidade de arremeter a calma e destrezas dos artista que ali se dispõem a mostrar sua arte por alguns trocados e sorrisos.

Confesso que como singelo malabarista de POI’s que sou, me vem uma vontade de juntar meu malabares e buscar um cantinho a este tão disputado espaço nos sinais de São Paulo, mas ainda não sinto-me preparado, fico apenas acompanhando os movimentos de cada artista que se apresenta lá em baixo e torcendo pela prosperidade em suas vidas.

Tenho o imenso prazer de conhecer um dos entrevistados, na reportagem, o malabarista Mae. Conheci-o a poucas semanas, para ser mais exato, no ultimo 15/10, na Mystic Tribe, na cidade de Sarapui-SP, em uma apresentação que fizemos sobre forte garoa e pisando em muita lama (risos), junto ao Grupo BIOLUMINI que vem acolhendo-me com muito carinho.

 destaque2

Para quem não pode acompanhar a matéria a qual tratei nesta edição, disponibilizo a seguir os vídeos completos para que desfrutem desta realidade que muitas vezes passa despercebida sobre a aba de nossos chapeis:

Esta matéria foi de muito fácil escrita, pois me vejo contagiado pelos ensinamentos do filme O PALHAÇO, com o espetacular ator Selton Mello, que vi no dia de ontem. Para quem ainda não teve a oportunidade de ver, fica a recomendação, o filme demonstra a realidade e dificuldades de uma trupe circense pelo interiores do Brasil, demonstradas de forma cômica e que rende boas risadas.

Sinopse:

Benjamim (Selton Mello) e Valdemar (Paulo José) formam a fabulosa dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Benjamim é um palhaço sem identidade, CPF e comprovante de residência. Ele vive pelas estradas na companhia da divertida trupe do Circo Esperança. Mas Benjamim acha que perdeu a graça e parte em uma aventura atrás de um sonho.

OPalhaco4

Circo no Beco – SP

Circo no Beco - Logo

“O Circo no Beco é um evento organizado por um grupo de pessoas interessadas na arte circense das mais diversas formas. Dispostas a trabalhar para promover a premissa fundamental da iniciativa que gerou a existência do grupo: a vontade de poder realizar espetáculos abertos a todos, promover e difundir a arte circense e seu diálogo histórico e inseparável com as outras linguagens artísticas. Fomentando a livre manifestação e a utilização dos espaços públicos, valorizando assim a Arte de Rua e a Arte na Rua.

313521_120027854769555_100002870242094_99143_2084952463_n

Esse trabalho de valorização consiste em apresentar espetáculos, com qualidade artística, utilizando técnicas circenses tais como:

  • malabares;
  • acrobacia;
  • monociclo;
  • trapézio;
  • tecido;
  • perna de pau;

entre tantas outras e também explorando outras linguagens como teatro, dança, poesia, artes plásticas, música… E sempre, como reza a tradição, passa-se o chapéu…”

321152_120027954769545_100002870242094_99149_1953550872_n

A maioria dos espetáculos são realizados na Praça Aprendiz das Letras e no Beco do Projeto Cidade Escola Aprendiz, na Vila Madalena. Rua Belmiro Braga, s/n, esquina com a Rua Inácio Pereira da Rocha. O local é de fácil acesso e a praça permite a entrada e circulação de deficientes e acontece todas as segundas-feiras, a partir das 18h e vai até as 22h (para não incomodar a vizinhança que é sempre presente nos espetáculos).

Confira algumas fotos das ações NoBECO Vila Madá.

Créditos para o fotógrafo  Lucas Augusto, responsável pelas fotos constantes nesta postagem.